INCLUSÃO E ACESSIBILIDADE PARA PESSOAS CEGAS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

Autores

  • Sérgio Azevedo UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
  • Polyana Silva UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
  • Rayane Rodrigues UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
  • Émerson Silva UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

Palavras-chave:

Inclusão. Acessibilidade. Pessoas Cegas. UFCG.

Resumo

São por demais suficientes os marcos legais que asseguram às pessoas com deficiência, a acessibilidade e inclusão em todos os contextos vividos e necessidades que apresentam, principalmente no que se refere ao direito de escolarização. Pode-se, então, questionar até que ponto as IES, em particular a Universidade Federal de Campina Grande, tem assistido estudantes com deficiência visual? Neste contexto, percebemos a importância de se discutir a realidade atual na qual estão inseridas as pessoas com esse tipo de deficiência na UFCG. Assim, utilizamos como recurso metodológico a pesquisa qualitativa de cunho bibliográfico, observações do espaço físico e as narrativas dos referidos estudantes. Os dados foram coletados durante a mesa redonda do “I Encontro de Inclusão no Ensino Superior - O desafio da Inclusão e da Acessibilidade: Direito dos Estudantes, Dever das instituições”. Pelos depoimentos, fica claro que existem grandes barreiras a serem ultrapassadas em relação a vivencias e convivências dos citados alunos, no cotidiano das atividades acadêmicas do espaço universitário. Concluímos então, que a situação dos estudantes cegos é, notadamente, adversa e a universidade tem pela frente um longo caminho na busca pela plena inclusão e acessibilidade para essas pessoas.

Biografia do Autor

Sérgio Azevedo, UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

Professor da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Professor do Mestrado em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental na Universidade do Estado da Bahia – UNEB. Doutorado em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE.

Polyana Silva, UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

Graduanda em Licenciatura em Geografia na Universidade Federal de Campina Grande. Membro do Grupo de Apoio aos Estudantes com Deficiência Visual – GRAESDV.

Rayane Rodrigues, UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

Graduanda em Licenciatura em Geografia na Universidade Federal de Campina Grande. Membro do Grupo de Apoio aos Estudantes com Deficiência Visual – GRAESDV.

Émerson Silva, UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

Graduando em Licenciatura em Geografia na Universidade Federal de Campina Grande. Membro do Grupo de Apoio aos Estudantes com Deficiência Visual – GRAESDV.

Publicado

2020-01-23